Evitando Callback Hell usando Generators

Publicação: | Tags: Node.js

Evitando Callback Hell usando Generators

Muitos recursos interessantes estão surgindo do ECMAScript6 para o Javascript, o Generators é um deles e será o assunto desse post.

Em resumo generators é um recurso muito interessante que permite escrever funções assíncronas sem callbacks, utilizando uma síntaxe de código síncrono, retornando valores da função em um array que representa as variáveis do parâmetro de uma função callback.

Como essa feature ainda não é oficial, somente alguns browser (últimas versões do Chrome e Firefox) utilizam no client-side. Já no server-side temos que habilitar no Node.js, porém só existe nas versões instáveis: 0.11.X. e será oficializada na próxima versão estável: 0.12.x.

Caso queira brincar com versões instáveis de forma simples e de fácil instalação/desinstalação, veja neste post como utilizar o NVM - Node Version Manager.

Para habilitá-lo no Node.js, basta utilizar a flag --harmony no comando node, por exemplo:

 node --harmony app.js

Com harmony habilitado, agora teremos que usar alguma biblioteca de controle async. Utilizarei o suspend que é um módulo fácil de implementar generators.

Abaixo mostrarei dois códigos que fazem a mesma coisa, o primeiro utilizando callbacks e o segundo implementando generators, veja a diferença:

Usando callbacks

 var
   fs = require("fs"),
   time = new Date().getTime()
 ;
 fs.writeFile("log.txt", time, function(err) {
   console.log("Iniciando log");
   fs.readFile("log.txt", function(err, text) {
     console.log("Timestamp: " + text);
     fs.unlink("log.txt", function() {
       console.log("Log finalizado");
     });
   });
 });

Usando generators

Instale o módulo suspend:

 npm install suspend --save
 var
   fs = require('fs'),
   suspend = require('suspend'),
   resume = suspend.resume,
   time = new Date().getTime()
 ;
 suspend(function* (){
   yield fs.writeFile("log.txt", time, resume());
   console.log("Iniciando log");
   var text = yield fs.readFile("log.txt", resume());
   console.log("Timestamp" + text);
   yield fs.unlink("log.txt", resume());
   console.log("Log finalizado");
 })();

Referências:

Compartilhe este post